Artigo Pe. Silvio: “Vinho novo em odres novos”…

É muito conhecida essa resposta de Jesus aos discípulos de João Batista, quando interrogado sobre o jejum que eles fazem diante do jejum que os discípulos do Senhor cumprem, na passagem do Evangelho de Mateus.

Jesus é a certeza do noivo que está em nosso meio! Quando celebramos uma festa, quando celebramos um grande acontecimento, somos convidados a deixar o jejum, para celebrar com muita festa o acontecimento presente.

Como é possível colocar um remendo de roupa nova num pano velho ou vinho novo em odres velhos? É Jesus dizendo que, diante da novidade dos seus ensinamentos, podemos ousar deixar certas estruturas que já não condizem mais com a novidade dos tempos e experimentar aquilo que a sua Boa Nova nos traz.

Quantos ainda vivem uma estrutura legalista, dentro da própria religiosidade, deixando de experimentar o que a beleza da mensagem do Evangelho desperta nos corações. Em Jesus, a vida nova é anunciada e toda a opressão, todo o medo, toda a paralisia pode ser curada, trazendo vida nova e perspectivas novas àqueles que a acolhem com amor.

Como está o “odre” do seu coração? É ainda uma estrutura envelhecida por muitas manias ou busca se renovar a cada dia, diante da revolucionária mensagem do Evangelho? Sim, a mensagem de Jesus, provoca, muitas vezes, certo incômodo em nós, pois nos retira de uma zona de conforto e nos indica um caminho de mais justiça e misericórdia.

Amados irmãos, queremos esse “vinho novo”, mas para que ele seja bem fermentado em nós, precisamos revestir nossos odres, na fascinante coragem de amar como Jesus amou e assim, trazer em nós, traços da sua bondade, mansidão e santidade.

Vinho novo em corações novos! O amor de Deus, no coração de quem aprendeu a amar!

Compartilhar