A Cruz Missionária, a Imagem Peregrina e “O Padre Santo”

UM CAMINHO DE SANTIFICAÇÃO E APOSTOLADO

Rômulo Paula

O mês de outubro será muito especial para a Paróquia Sagrada Família. Um caminho de santificação e apostolado se dará entre os dias 06 e 19, quando a comunidade paroquial receberá a visita da Cruz Missionária e da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, durante a realização do Simpósio do Venerável Padre Rodolfo Komorek.

Em 2019 comemora-se o aniversário dos 150 anos da fundação da Associação dos Devotos de Maria Auxiliadora – ADMA, querida por Dom Bosco para defender a fé do povo, irradiando no mundo, a veneração a Jesus Eucarístico e a devoção à Virgem Maria, invocada sob o título de Auxiliadora.

Durante a 19ª Romaria da Família Salesiana a Aparecida – realizada no mês de agosto, o Conselho Inspetorial da associação recebeu do Santuário Nacional a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida para percorrer os 20 grupos da ADMA existentes na Inspetoria Salesiana Nossa Senhora Auxiliadora.

A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que desde então está peregrinando os grupos da ADMA, será enviada especialmente à Comunidade Salesiana de São José dos Campos durante uma semana. A celebração de acolhida da imagem peregrina será no dia 06 de outubro (domingo), às 10h. A acolhida será feita no contexto da celebração da Santa Missa com Crianças, realizada tradicionalmente neste horário na Paróquia.

O tema para a visita acompanha o da Novena e Festa da Padroeira 2019 e todo o material de divulgação quer motivar os paroquianos e devotos a refletirem sobre a missionariedade e os desafios do povo da Amazônia, inspirados no Sínodo que também acontece neste ano em outubro, e traz as discussões sobre “Amazônia – novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Os elementos utilizados para ilustrar a campanha retratam toda a riqueza da fauna e flora da região amazônica, além de valorizar o povo indígena e as embarcações, meio de transporte mais comum. As curvas bem perceptíveis na arte representam o encontro dos rios Negro e Solimões, chamando atenção para a maior fonte de sustento dos moradores locais.

A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida permanece até o dia de sua festa solene, que acontece no dia 12 de outubro. Após, ela será levada por uma delegação da Paróquia até a Comunidade Salesiana presente na cidade de Sorocaba, onde o grupo da ADMA local acolherá a imagem.

CRUZ MISSIONÁRIA

Um dos destaques das celebrações do dia da Padroeira deste ano na Paróquia Sagrada Família será a presença da Cruz Missionária, recordando o compromisso de todo o cristão batizado de manter vivo o olhar missionário, dentro da realização dos trabalhos do Simpósio do Venerável Padre Rodolfo Komórek, que apresenta aos participantes “um santo para todos os tempos”.

O Papa Francisco proclamou outubro de 2019 como Mês Missionário Extraordinário com o objetivo de “despertar em medida maior a consciência da missio ad gentes e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral”. Trata-se de acontecimento eclesial de grande importância que abrange todas as Conferências Episcopais, os membros dos institutos de vida consagrada, as sociedades da vida apostólica, as associações e movimentos eclesiais.

Na Diocese de São José dos Campos as atividades do Mês Missionário Extraordinário se juntam às comemorações em preparação aos 40 anos desta Igreja Particular. Em nível diocesano a celebração de abertura do Mês Missionário será no dia 5 de outubro (sábado), às 19h30. Dom Cesar Teixeira – SDB, presidirá a Santa Missa na Catedral Diocesana de São Dimas.

“Batizados e enviados: A Igreja de Cristo em Missão” é o título escolhido pelo Papa Francisco para o Mês Extraordinário. Todo batizado é chamada a ser missionário. A missão é entendida como uma proposta de fé que Deus faz ao homem e vem ao encontro de toda Igreja.

A Cruz Missionária é o grande símbolo do Mês Missionário Extraordinário e todas as Dioceses do Brasil a receberam, durante a Assembleia Geral do Episcopado Brasileiro, para incentivarem as ações pelo Mês Missionário, bem como peregrinar por paróquias e comunidades em todo o território nacional. A cruz faz memória das missões jesuítas da Bolívia e a Evangelização dos povos da América Latina. Ela expressa o amor infinito de Deus e salvação da humanidade. A cruz é um sinal que continua inspirando a evangelização dos povos e animando a espiritualidade da ação missionária.

Em preparação à grande Missão Diocesana pelos 40 anos e em comunhão com o Mês Extraordinário, de outubro de 2019 a abril de 2021 a cruz missionária irá percorrer todas as paróquias, comunidades religiosas e institutos seculares da Diocese. A celebração de acolhida da Cruz Missionária na Paróquia Sagrada Família será no dia 12 de outubro (sábado), às 18h. Ao final da celebração se dará a Solene Procissão e Coroação da Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida.

A Cruz Missionária permanece na Paróquia até o dia 19 de outubro, quando se celebra o Dia Mundial das Missões. Neste dia, ela será levada por alguns membros da comunidade para a Paróquia São João Bosco – Região Pastoral São José, no bairro Jardim das Indústrias, onde também permanecerá por alguns dias animando e motivando a ação missionária.

SIMPÓSIO SOBRE PE.RODOLFO

Estas visitas acontecem quando pela primeira vez na Diocese de São José dos Campos, será realizado na Paróquia Sagrada Família, nos dias 11 e 12 de outubro (sexta-feira e sábado), o Simpósio sobre o Venerável Padre Rodolfo Komorek, com o tema: “Um santo para todos os tempos”, que, de forma organizada e sistemática, apresentará um pouco da humanidade e santidade e da Causa de Beatificação deste sacerdote salesiano, que viveu em nossa região na década de 40.

Será uma oportunidade para reunir especialistas e interessados na figura e na obra do Venerável Padre Rodolfo, visando aprofundar a compreensão dos impactos e repercussões religiosas, sociais, culturais, históricas e humanitárias da sua vivência nesta região. A celebração de abertura do Simpósio será no dia 11 de outubro (sexta-feira), às 19h30. Na sequência, se dará início à sessão solene de abertura dos trabalhos do Simpósio.

O evento visa valorizar a presença do Venerável Padre Rodolfo na Paróquia e na Diocese, na cidade e na região, promovendo o comprometimento de forma concreta na causa da sua beatificação. A celebração de encerramento do Simpósio será no dia 12 de outubro (sábado), às 16h. Dom Cesar Teixeira – SDB, presidirá a Santa Missa Solene na Paróquia Sagrada Família.

O Simpósio será promovido numa parceria entre a Diocese de São José dos Campos e a Pia Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos de Dom Bosco). Conta também com o apoio da UNISAL (Centro Universitário Salesiano – Campus Lorena) e da Faculdade Católica de São José dos Campos. Os participantes receberão Certificado Acadêmico da UNISAL.

Entre os conferencistas estarão: Dom Hilário Moser, SDB, Bispo Emérito de Tubarão/SC; Edo Paiotti, Historiador e Professor da Universidade do Vale do Paraíba e o Hugo Ricardo Soares, Doutor em Antropologia Social, além de muitos testemunhos de pessoas que tiveram as suas vidas influenciadas de alguma forma com a vida do “padre santo”.

Você é nosso convidado especial para trilhar este caminho de santificação e apostolado. Programe-se para participar das celebrações, eventos e datas especiais que a Paróquia Sagrada Família viverá neste mês de outubro de 2019.

 PROGRAMAÇÃO

 

Compartilhe no Whatsapp !
Compartilhar